30 março, 2011

Veredicto final

Afinal de contas, aquela febre sempre teve motivo de ser.
Ontem quando chego ao colégio a educadora ficou muito séria a olhar para mim. Pensei que tinha voltado a morder ou a bater em algum colega, mas não. A Clara está cheia de borbulhas e a ficar com febre. "Paniquei" quando cheguei a casa e vi a barriga e as costas dela. Cheia delas!! Rumámos até ao HGO. Depois de duas horas à espera a médica observou-a e disse-nos: 
- É um vírus. 
- Pois está bem e que mais? 
- Mais nada. Ela tem aftas na boca e as borbulhas desaparecem. Apenas medicamos o Ben-u-Ron para a febre.
As borbulhas desapareceram, mas sinceramente aquilo não me deixou nada convencida e fui até à Drª PLC. 

Afinal de contas tem mesmo um vírus, mas pelo menos a Pediatra da Clara conseguiu ser bem mais específica que a médica do Hospital. A Clara tem uma amigdalite viral, com direito a aftas.
Assim descubro porque é que a pobre coitada não anda a comer nada de jeito :\

1 comentário:

Rui disse...

De manhã eram duas ou três e derrepente transformaram-se em milhares! Até eu fiquei em panico, mas no fim de contas não foi nada de grave ... Felizmente