01 janeiro, 2011

Mais uma vez... o Natal

Éramos para passar o Natal em Abrantes, mas como o meu meio-palmo-de-gente ficou doente tivemos que ficar mesmo por casa. Eu estou habituada a um Natal cheio de confusão, mas este foi diferente. Tanto o pai como a mãe ficaram solidários com a filha e resolveram adoecer ao mesmo tempo! O pai sem pachorra nenhuma para abrir as prendas, deitou-se no sofá e apagou-se por completo! O que vale foi ver a cara da minha filha quando abriu o primeiro presente e viu um carrinho de limpezas da Vileda! Olarecas!!! Não quis saber de mais nada. Era esfregona para um lado, vassoura e pá para o outro, no fim já agarrava no balde e naquele instrumento que serve para bater os tapetes, do qual não me recordo o nome, e fazia de conta que estava a fazer papa. Depois de abrir mais uns quantos presentes (roupa) veio mais um presente que adorou. Um cubo de madeira com várias actividades. Pois bem, seria normal se ela não se enfiasse de cabeça dentro do cubo! Houve direito a um Pluto com pilhas cá para casa, bem como o seu primeiro bebé chorão!




2 comentários:

Loira disse...

Tenho de comprar um conjunto da vileda para o Rodrigo, ele adora mexer nessas coisas e sempre vai aprendendo! :P

Ana disse...

A Clara assim que viu soube logo o que fazer! É pena não ter aspirador, dava cá um jeitão... :P